quarta-feira, 22 de outubro de 2008

DCE, o que é isso?

Ontem eu estava lendo o jornal Vale Paraibano e me deparei com uma reportagem sobre a discussão do aumento da mensalidade da Unitau entre a reitoria da universidade e o DCE (Diretório Central Estudantil).

Me veio uma pergunta logo à cabeça, o que DCE? Parece besta, né? Pois acabei de escrever seu significado no parágrafo acima. Mas o fato não é saber a origem da sigla e sim perceber e ver a existência dele.

Nos meus quatro anos de estudos na Univap, me recordo que somente de uma ação promovida pelo DCE (Um protesto contra o aumento da mensalidade para 2005, que acabou em nada, o aumento foi dado).

Como diz uma amiga também formada lá, Angélica, o diretório da universidade é fantasma, se é que ele existe.

Eu li nos livros de História que a UNE (União Nacional dos Estudantes) teve participação política fundamental no Brasil até há pouco tempo, como no processo de redemocratização do país.

Entretanto, não tive oportunidade de conhecer esse tipo de movimento na minha época de faculdade. Nem mesmo em cursos que se dizem mais politizados, como o jornalismo, havia a presença do Diretório Acadêmico na Universidade do Vale Paraíba. Era cada um por si. Tinham os envolvidos com a causa, como o Fernando Banzi, a própria Angélica e seu namorado Douglas, mas eram poucos. Meus momentos de luta estudantil ficaram apenas nos livros

Isso se deve à (in)competência de nossos políticos que não dão o bom exemplo para entrar nesse sistema que está cada vez mais desacreditado e ao invés de agregar simpatizantes, desagregam antipatizastes da política.

Como jornalista, tenho a obrigação social de lutar de uma sociedade mais justa, contudo, fica difícil melhorar algo, se não há base para essa utopia.

4 Cornetadas:

Fabio disse...

Legal o que você mencionou, mais a verdade é que uma andorinha só não faz verão, o certo era todos os alunos da universidade fazer barulho, reivindicar os nossos direitos, pois alguns só nao vão resolver em nada.

Mariane de Almeida disse...

Infelizmente é exatramente como o Fábio disse, um ou outro reivindicar os direitos (que são de todos) não adianta em muita coisa. Mas o que está acontecendo hoje é que os jovens (ou melhor as pessoas em feral) não se interessam por política(gem), estão sempre dizendo coisas do tipo "político é tudo igual, ou, você gosta de política??? vai se candidatar a quÊ? As pessoas estão desacreditadas de tudo e principalmente de que podem fazer a diferença. Sinceramente não sei o que acontece com os jovens de hoje que nunca serão como os de antigamente, e infelizmente acredito que as próximas gerações serão ainda pior... espero estar enganada porque assim não tem como!!!

Acássio disse...

oi luiz daniel,
o dce - diretório central de estudantes - é algo com que vcs não se
importaram, não organizaram. se omitiram, o mesmo acontece com os
alunos que "estudam" na univap. - de nada adianta ficar chorando sobre
o leite derramado. vc e seus colegas foram coniventes, assim como os
alunos de agora o são.
isso aí
nunca é tarde para acordar.
acassio

Else Angélica disse...

primeiramente, fiquei emocionada em ser citada nesta matéria. Mais feliz ainda em saber que ao menos alguém reconhece que tentamos fazer alguma coisa pelos estudantes, principalmente em relação a demissão de professores e aumento a mensalidade. Porém organizar a juventude já é difícil, a situação piora quando a Universidade é paga! Veja os grandes movimentos estudantis na maioria das vezes acontece em faculdades públicas.
Mas ainda tenho fé de que um dia irão acordar para lutar pelos direitos.

Postar um comentário | Feed



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License