sábado, 26 de abril de 2008

Por quê, Trans1000?

Quando todo mundo pensava que tudo estava definido no futuro do transporte coletivo de São José, o surpreendente recuo da Trans1000 põe em risco a conclusão do certame neste ano.

A empresa Trans1000 tem como sócio, Renê Gomes, o mesmo que aparece em sociedade nas empresas que operam atualmente na cidade - Capital do Vale, São Bento e Viação Real.

A Secretaria de Transporte deve notificar a Trans1000 na próxima segunda-feira que tem até terça-feira para esclarecer o ocorrido.

A prefeitura já estuda alternativas para uma possível substituição da Trans1000, como uma nova licitação. As demais opções seriam contratar outra empresa em caráter emergencial ou dividir o lote da Trans100 com as duas empresas que cumpriram todos os passos do processo.

As empresas Expresso Maringá e Júlio Simões devem assumir seus lotes a partir da segunda quinzena de agosto.

0 Cornetadas:

Postar um comentário | Feed



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License