sexta-feira, 28 de março de 2008

Mota e a reforma política

Em entrevista ao jornalista Cláudio Nicolini, no jornal Bandeirantes Gente da Rádio Bandeirantes de São José dos Campos, na manhã de hoje, o vereador Luiz Carlos Mota (DEM) fez um comentário interessante sobre como ele que deveria ser alguns pontos da reforma política brasileira.

Primeiro: todas as eleições acontecerem de uma vez só. Do vereador ao presidente da república, todos seriam eleitos no mesmo dia. Assim, segundo ele, dimimuiria os gastos com as eleições, para isso, padronizar os períodos dos mandatos. Mota sugeriu seis anos.

Segundo: o voto distrital, já bastante discutido na mídia. "Se o voto fosse distrital, uma cidade como São José dos Campos elegeria dois ou três deputados federais e três ou quatro estaduais. E não um de cada como temos hoje", afirmou o democrata.

Terceiro: todos os níveis elegíveis terem direito a somente uma reeleição. Como acontece com o Poder Executivo, cada político do Legislativo só poderia se reeleger uma vez. Desta forma, evitaria que um vereador ou deputado fosse um profissional da política. Atualmente, esses cargos permitem que o indivíduo permaneça por tempo indeterminado.

A discussão é boa, o que você acha que deve acontecer?

0 Cornetadas:

Postar um comentário | Feed



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License