quarta-feira, 26 de março de 2008

Futebol e Política não se misturam

Eu sempre digo que não se deve misturar futebol (esportes em geral) com política. Mas aqui em São José isso é visto de maneira diferente por seus vereadores.

O jornal valeparaibano publica hoje em sua página cinco uma reportagem o uso do poder público para arrecadar dinheiro para o São José Esporte Clube e tudo às claras, em frente a antiga Câmara Municipal.

O repórter Luiz Cláudio de Souza flagrou o vereador Robertinho da Padaria (PPS) e mais três assessores entregando panfletos à população com o objetivo de angariar sócios para a Associação Amigos do São José (AASJ).

De acordo com a reportagem, eles entregavam os panfletos em horário de expediente. O que, segundo alguns advogados, caracteriza improbidade administrativa. Os assessores não podem ter outras atividades particulares em horário de expediente.

Além de vereador, Robertinho da Padaria é diretor de futebol do clube e membro da AASJ. A atitude dele de ajudar o São José é louvável, mas usar seu cargo público para isso não considero a mais correta.

Robertinho afirmou à reportagem que seus assessores estavam a serviço da cidade. Porém o clube não pertence ao poder público e assim seu argumento não é dos mais sustentáveis. Pois usar a posição pública para fins particulares não é peculato? Deveriam ler jornal ou assistir a telejornais. Há vários políticos com processos nas costas por causa disso no esquema do “Mensalão”.

O mesmo vereador trava uma briga com o prefeito Eduardo Cury (PSDB), pois ele argumenta que a prefeitura não quer ceder um poli esportivo para o Clube que é diretor.

Pelo que me consta, a prefeitura não pode ter participação em modalidades esportivas profissionais, como é o caso do São José Esporte Clube. O poder público só pode apoiar modalidades amadoras, assim como a prefeitura joseense faz por meio do Fadenp (Fundo de Amparo ao Desporto não-profissional).

Então, não adianta Robertinho reclamar que a prefeitura é ausente nos problemas do São José Esporte Clube, ela simplesmente é impedida de fazer.

Os políticos da cidade precisam para com esta mentalidade provinciana de que o poder público precisa ajudar um clube esportivo. Ele necessita de investidores particulares que acreditam no potencial dele.

0 Cornetadas:

Postar um comentário | Feed



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License