quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Ronaldo: é o fim?

por Marilia Ruiz, em seu blog no Lancenet!

(http://www.lancenet.com.br/blogs_colunistas/mariliar/default.asp)

Mais um calvário para um dos brasileiros mais vencedores da história.

Ronaldo ganhou tudo que pôde com a bola rolando. Tudo e mais um pouco.

Mas a nova contusão pode ter sido o tiro de misericórdia na vitoriosa carreira, que já andava em marcha lenta.

Ronaldo será sempre Ronaldo na memória do futebol, mas estaria na hora dele pensar em parar? Eu, no lugar dele, trataria de ficar em forma, assinaria um contrato de seis meses com o Fla, e encerraria minha carreira sendo ovacionado no Maranã.

Aos 31, ele tem pelo menos 1 ano de recuperação pela frente. O que ele deveria fazer depois?

Nota LD: A contribuição de Ronaldo para o futebol mundial é indiscutível.

Seu nome, para as estatísticas (números, somente números) das Copas do Mundo, é maior do que o de Pelé (?!), foram 15 gols de Ronaldo contra oito do Rei.

Afinal, foram mais jogos disputados.

As gerações são compleamente diferentes, o futebol também e ambos merecem um final em alta.

O Rei encerrou a carreira divulgando o "Soccer" nos EUA, como o Rei.

Ronaldo poderia muito bem encerrar a carreira como um exemplo (leia-se dentro de campo e valorizar o futebol brasileiro, para qualquer time que fosse.

0 Cornetadas:

Postar um comentário | Feed



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License