sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Fecha-Bar, ele está de volta!

O Conselho Comunitário de Segurança da região Sul de São José retorna com a polemica medida conhecida cimo “Fecha-Bar”. Ele pede que se crie um grupo para se debater a questão.

No texto, os bares, choperias e uisqurias estariam proibidos de funcionar das 23h às 6h. O conselho questiona a falta de fiscalização dos estabelecimentos por parte da prefeitura.

O objetivo do projeto seria reduzir os índices de criminalidade e também a perturbação do sossego público. A multa para quem desrespeitasse a lei seria de R$ 3.748. Em caso de reincidência, o comerciante teria o alvará de funcionamento do bar cassado.

Esta é a terceira vez que um projeto deste gênero é encaminhado a câmara de vereadores de São José. As outras foram em 2002 e 2005.

A prefeitura afirma que esses locais são regularmente fiscalizados e que qualquer pessoa tem instrumentos para fazer denunciar em caso de suspeita de irregularidades

Para a Associação Comercial e Industrial da cidade e o Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares a ação provocaria muitas demissões no setor.

Há de se levar em consideração todos os lados dessa moeda, que são mais de dois. Realmente tal medida colabora com a redução da criminalidade e da violência, mas o emprego também diminuiria.

Nem todos os estabelecimentos estariam proibidos, as lanchonetes, pizzarias, restaurantes, bares de clubes e hotéis e casas noturnas.

Bem, o jogo de interesse sempre existe e o não funcionamento dos bares em determinado período da noite favoreceria os estabelecimentos com restaurantes e casas noturnas que perdem muita clientela para os bares

Antes de tomar qualquer decisão, precisa-se analisar tudo isso e formular uma equação que seja boa para todos (o que é muito difícil). Não fica bem usar temas como este, que são plataformas de governo (a segurança) para benefício próprio.

Mas e ai, fecha ou não fecha o bar?

0 Cornetadas:

Postar um comentário | Feed



 
^

Powered by Bloggerblogger addicted por UsuárioCompulsivo
original Washed Denim por Darren Delaye
Creative Commons License